Arquivo do mês: abril 2015

Curso sobre Teoria da Mudança no INTRAC em Oxford

IMG_20150318_155238026_HDRCaro (as), foi excelente o curso sobre Teoria da Mudança no INTRAC em Oxford.

Éramos onze pessoas de várias partes do mundo (somente duas inglesas, o restante sendo da Europa, Leste Europeu, Ásia, com uma americana; e somente eu da América Latina!).

O curso foi muito prático, com muitos exercícios, análise de exemplos e trocas de experiências. Bárbaro!

Uma coisa ficou muito clara: a Teoria da Mudança é um enfoque reflexivo que pode ter forte contribuição aos processos de planejamento e de avaliação, já que foca na visão de futuro e nos resultados necessários para se chegar lá.

O processo de construção de uma Teoria da Mudança nos exije explicitar lógica e concretamente como pensamos que a mudança social ocorra, quais são nossas suposições e o que é necessário fazer para levar o processo de transformação a avançar com a nossa contribuição.

Um pequeno exemplo: uma organização planeja um curso de formação para adolescentes visando contribuir para sua formação cidadã. A Teoria da Mudança desta iniciativa exigiria a explicitação dos nexos causais (do “caminho lógico causal”) que podem fazer com que o processo formativo leve efetivamente a um nível de formação cidadã dos jovens. Isto é, que fatores da formação podem levar à mudança de comportamentos e atitudes nos jovens? Usualmente, assumimos que tal tipo de formação tem uma contribuição real. Será? Como, concretamente? Que conteúdos, que dinâmicas, que envolvimento, que perfil de professores, que conexão com a vida concreta e a circunstâncias dos jovens são necessárias para dar maior efetividade ao processo de formação?

A Teoria da Mudança pode ajudar no desenvolvimento de estratégias de ação mais significativas e efetivas, baseadas em evidências, dado que ela testa, por assim dizer, a lógica de nosso pensar.

Vale a pena se informar e se familiarizar com este novo enfoque.

Infelizmente, quase tudo sobre Teoria da Mudança ainda está em Inglês.

Mas, nem tudo. É possível encontrar materiais interessantes em Português na Internet.

Domingos

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized