Fortalecer as OSC é a agenda da D3

Em setembro 2009 foi realizado em Recife um seminário sobre a problemática da eventual saída de várias agências internacionais do Brasil. Ele foi organizado pela Aliança Interage e pelo Diálogo Cooperação Internacional, visando aprofundar a reflexão sobre a sustentabilidade das organizações de defesa de direitos. Do seminário saiu a publicação “Novos desafios à luta por direitos e democracia no Brasil” (org. Domingos Armani & Rubén Pecchio). O tema gerou a mesa Bye Bye Brasil no VI Congresso do GIFE, no Rio em abril.

Deste processo surgiu um novo ator – a D3 – Diálogo, Direitos e Democracia, uma articulação de organizações não governamentais internacionais e institutos, fundações e empresas, agências de cooperação internacional bilaterais e multilaterais com atuação (não restrita) no Norte e no Nordeste do Brasil.

Este é um tipo de movimentação muito importante por colocar na agenda de debate público a importância das OSC que trabalham na perspectiva de direitos para a sociedade e para o aprofundamento da nossa democracia.

Em um tempo no qual só se fala de “projetos”, é imprescindível lembrar que estes não existem, nem o desenvolvimento social, sem a existência de uma trama vasta, diversa e forte de organizações autônomas na sociedade civil.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s